EDUCAÇÃO PONTUADA

SUBSÍDIOS PARA TRABALHAR A “INDEPENDÊNCIA DO BRASIL”

Posted in Uncategorized by silvia maria do nascimento on 26/02/2012
  • Palestra: Breve histórico da Independência ( deve  ser feita, mostrando as ilustrações alusivas a personagens e/ou fatos).

”Como a professora já explicou, o Brasil foi descoberto por Pedro Álvares Cabral ( um português) e quando aqui chegou, encontrou somente índios. Começaram a vir portugueses para aqui morarem e para que os outros povos não tomassem posse  do Brasil. Primeiramente, nossa terra foi chamada Ilha  de Vera Cruz. Depois, Terra de Santa Cruz. O nome Brasil, deveu-se ao pau-brasil, madeira avermelhada de uma árvore com mesmo nome, que havia em grande número no litoral.

Muitas foram as tentativas de invasões de outros povos, mas os brasileiros não permitiram.Com o tempo, os brasileiros começaram a ficar revoltados   com o que os portugueses faziam aqui, o Brasil produzia muitas coisas , tinha até muito ouro, mas continuava pobre – tudo ia para Portugal.Muitos brasileiros começaram a pensar na Independência do Brasil de Portugal.( Ex: . Tiradentes comandou um movimento em Minas e denunciado foi condenado e enforcado).

O Rei de Portugal, D.João VI, veio para o Brasil, por que seu país estava ameaçado de invasão (por Napoleão Bonaparte, da França) e para não correr perigo, veio com toda a Família Real Portuguesa ficando no Rio de Janeiro. Quando D. João VI voltou anos depois para Portugal, aqui deixou seu filho Pedro, ainda muito jovem, para governar o Brasil. O santista José Bonifácio de Andrade e Silva passou a orientar Pedro e também a ele devemos a Independência, porque colocou essa idéia na cabeça de D.Pedro. Foi chamado, então, o Patriarca da Independência.

Em 1822 D.Pedro, saiu em viagem pelo Brasil e deixou sua esposa, D.Leopoldina em seu lugar.(a capital do Brasil, como foi dito, ficou sendo o Rio de Janeiro). Esta, recebeu uma carta de Portugal que exigia a volta de D.Pedro, por que em Portugal já sabiam que ouvindo José Bonifácio e o desejo do povo brasileiro, Pedro estava inclinado a libertar o Brasil de Portugal.

D. Leopoldina e José Bonifácio mandaram que um emissário levasse aquela carta a D.Pedro e também outra na qual aconselhavam D.Pedro  a proclamar a Independência do Brasil.

D.Pedro estava vindo de Santos, onde encontrou D. Domitila de Castro, a Marquesa de Santos, seu grande amor e foi encontrado, com sua guarda, pelo emissário, às margens do riacho Ipiranga, em São Paulo.

Leu as cartas e decidiu libertar o Brasil de Portugal. Era uma tarde, do dia 7 de  setembro de 1822 ( portanto 174 anos).D.Pedro montou em seu cavalo e tirando sua espada, gritou:

–  “Independência ou Morte!”, colocando o verde e o amarelo como cores do Brasil. Mais tarde, D.Pedro foi aclamado o 1º Imperador do Brasil, sendo denominado D. Pedro I (era português e libertou o Brasil). Assim, dia 7 de setembro comemoramos o aniversário da Independência do Brasil”.

  • Canto: Música – A Independência ( melodia “Nesta rua tem um Bosque” )- disco : “Cantando e Contando História do Brasil”

“Certo dia D. João VI foi embora/ mas deixou seu filho Pedro a governar/

Não passara ainda um ano de governo/ e ele quis nossa terra libertar (BIS)

Foi na tarde de um dia 7 de   setembro

ano de 1822

Que D. Pedro deu o grito do Ipiranga/ e o Brasil em liberdade então se pôs (bis)

E lembramos também José Bonifácio que ajudou a liberdade da nação

Ele foi da Independência,  o Patriarca e também merece a nossa gratidão (BIS)”

* Lembrar que o prédio da Prefeitura de Santos,chama-se Palácio José Bonifácio.

  • Confecção de espadinha de jornal que puder e depois dobra para fazer o local para segurar.Sugestão: prender tiras de papel verde e amarelo.
  • Confecção de chapéu de jornal ou viseira. Nos dois casos, as crianças também podem colar ou pintar motivos verde e amarelo.
  • Bandeira do Brasil com colagens de bolinhas de crepom ou mosaico, ou pintura a dedo, ou cotonete.
  • Desfile em volta da Escola caracterizados com a espadinha, e/ou chapéu ou viseira.Culminando com culto à Bandeira Nacional – hasteamento ou somente ouvir os hinos.

Apostila elaborada por Kátia Derito Ramos.

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: